O resgate de 4 mil cães que seriam usados como cobaias

O resgate de 4 mil cães que seriam usados como cobaias

Quase 4 mil beagles estão à procura de novos lares após o que se acredita ser um dos maiores resgates de cães nos Estados Unidos.

Esses animais de estimação estavam sendo criados em um canil em Cumberland, no Estado da Virgínia. Eles eram vendidos a empresas farmacêuticas para serem usados ​​em experimentos com medicamentos.

O canil foi fechado devido a violações dos direitos dos animais. Agora, instituições de caridade tentam realocar os cães.

A empresa por trás do canil, a Envigo RMS, foi processada em maio pelo Departamento de Justiça dos EUA, que alegou haver prática de vários atos de crueldade contra animais.

Inspetores descobriram que alguns cães estavam sendo mortos em vez de receber cuidados veterinários para problemas de saúde que seriam facilmente tratáveis.

Eles também estavam sendo alimentados com comida que continha vermes, mofo e fezes. Algumas mães que amamentavam não recebiam qualquer alimento.

Vinte e cinco filhotes morreram por exposição ao frio.

A empresa negou as acusações, mas anunciou que fecharia o canil e doaria os cães para a instituição de caridade Humane Society, informou a rede americana CBS News.

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: https://www.bbcbrasil.com

#bbcnewsbrasil #mundoanimal #eua

Mundo