Dono de bar de rock é assassinado com golpe de canivete em São Paulo

Dono de bar de rock é assassinado com golpe de canivete em São Paulo


Dono do Malta Rock Bar é morto com golpe de canivete após expulsar agressor. Suspeito foi preso e caso está sendo investigado pela polícia.

Reprodução/Instagram/@maltarockbarHomenagem a Carlos
Homenagem a Carlos “Nenê” Monteiro publicada no perfil do Malta Rock Bar no Instagram

Dono do Malta Rock Bar, Carlos dos Santos Monteiro, conhecido como Nenê, de 58 anos, foi vítima de um assassinato brutal com um golpe de canivete. O crime aconteceu por volta das 23h30 de sábado (15), no próprio estabelecimento localizado na rua Itaipu, em Mirandópolis, zona sul de São Paulo, próximo à estação Praça da Árvore do metrô. A cunhada da vítima, Leila Inui, de 45 anos, relatou que o autor do golpe estava incomodando os clientes do bar, chegando a assediar uma mulher que trabalhava no local esporadicamente. Após o incidente, Monteiro decidiu expulsar o agressor. O homem pegou um canivete e desferiu o golpe fatal. Testemunhas conseguiram imobilizar o agressor até a chegada da Polícia Militar. O suspeito, de 34 anos, foi preso e permaneceu em silêncio durante o interrogatório na delegacia, de acordo com informações da SSP (Secretaria da Segurança Pública). O homem ficou à disposição da Justiça para as devidas providências.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Carlos “Nenê” dos Santos Monteiro será sepultado na manhã desta segunda-feira (17) no cemitério Gethsêmani, localizado no Morumbi. A morte do empresário causou comoção entre familiares, amigos e frequentadores do Malta Rock Bar, que lamentam a tragédia e pedem por justiça. A polícia segue investigando o caso para esclarecer os motivos que levaram ao crime e garantir que o responsável seja devidamente punido conforme a lei.

Publicada por Felipe Cerqueira

*Reportagem produzida com auxílio de IA





Fonte: Jovem Pan

Brasil